CLICK HERE TO TRANSLATE THE BLOG TO YOUR LANGUAGE!

sexta-feira, 17 de março de 2017

O Feng Shui II - a historia do imovel


 A HISTÓRIA DO IMÓVEL
A primeira coisa a se fazer antes de comprar um imóvel é conhecer sua história, ou seja, o que aconteceu com os donos anteriores, se o imóvel for usado, ou então o que sucedeu durante a construção, se ele for novo. Exemplos comuns são os casos de donos anteriores que tenham ficado muito doentes, no local, ou de casais que brigavam muito e que finalmente se separaram. Se for para uma atividade comercial, é preciso saber por que razão os negócios anteriores lá estabelecidos não prosperaram, faliram, ou simplesmente fecharam.
Uma boa pesquisa é fundamental porque, embora fatores outros possam ser apontados como responsáveis pelos fracassos, tais como crise econômica, globalização e muitas outras, perguntas bem feitas podem oferecer a você um bom diagnostico.
No caso de imóvel novo é bom verificar se houve muitos acidentes durante a construção, se aconteceram casos inexplicáveis de sumiço ou defeito de materiais. É bom também verificar se a obra ficou paralisada muito tempo e porquê. Obras paradas por muito tempo, além de eventuais problemas de deterioração dos materiais, podem juntar más energias.
Muitas pessoas podem pensar que, embora a história do imóvel não seja muito boa, com elas a coisa será diferente, e que a partir de então tudo vai dar certo. Isto é muita pretensão e pura fantasia. O mais provável é que exista no imóvel uma energia negativa ou “sha“, em chinês. Nesse caso, não tenha dúvidas, opte por outro imóvel.
O imóvel acima, apelidado de Castelinho, que está sendo restaurado, tem uma historia trágica que envolvi assassinatos, poços, e outros horrores mais.


VIZINHANÇA E TRÂNSITO
Outro importante fator a ser analisado é a da vizinhança. Cemitérios, velórios, necrotérios, delegacias de policia, hospitais, bares barulhentos, proximidade de linhas de alta tensão, costumam também trazer más energia.Evite-os.
Verifique também se a rua da principal entrada do seu imóvel é muito movimentada. De acordo com o Feng Shui, as ruas correspondem hoje ao que eram os rios, antigamente, e rios muito rápidos, ou ruas com trânsito muito rápido, levam embora o “chi”, ou energia positiva, não deixando que ela faça um bom trabalho em nossos imóveis.
LOCALIZAÇÃO
Verifique também se a rua onde o imóvel está localizado tem saída. Ruas sem saída mantêm a energia “chi” estagnada e o mesmo pode acontecer com sua vida.
Também não é aconselhável que o imóvel fique exatamente na frente de um cruzamento em “T” ou em “Y”, não só porque é mau Feng Shui, mas também porque ele pode ser alvo de acidentes causados por imperícia de motoristas.
Observe também a altura dos imóveis localizados nas laterais, os quais não devem ser muito mais altos do que o seu. Essa situação além de comprometer a insolação, não dará à construção um bom Feng Shui porque a energia, de alguma forma ficará oprimida.
O imóvel exatamente atrás pode ser mais alto, porque estará dando proteção ao seu, o que é desejável, assim como horizontes amplos à frente constituem uma condição positiva.
É importante verificar se há nas proximidades altas estruturas metálicas, postes ou redes de alta tensão. Tudo isto não traz um bom “chi” e se possível, fuja deles.
Os ângulos retos nos outros edifícios, quando voltados diretamente para seu imóvel, emitem, como se chama no Feng Shui, “flechas venenosas” que devem ser evitadas ao máximo. É por essa razão que a maioria dos edifícios em Hong-Kong têm cantos arredondados. Mas há um exemplo famoso de um edifício que foi especialmente construído naquela cidade com muitos ângulos retos direcionados para um concorrente próximo, com o claro intuito de prejudicá-lo.
APARTAMENTOS
Você deve estar se perguntando como verificar estas premissas todas para um apartamento, uma vez que a entrada principal geralmente fica num hall interno e muitas vezes você se encontra tão longe da superfície do solo que pode pensar que as energias não atuam, o que não é verdadeiro. Elas circulam pelo planeta de forma que a altura do imóvel em relação ao solo torna-se desprezível. Porém no caso de apartamentos, escritórios ou lojas em edifícios, as observações quanto à entrada de energia valem para a fachada que possui mais janelas, ou então, janelas e varanda. É nessa direção que se dará a principal entrada de energia.

VEGETAÇÃO
Outra forma interessante de verificar a energia de um local é através da vegetação. Arvores do local: árvores retorcidas, doentes, morrendo, com parte seca, significam más energias. Por outro lado, uma árvore muito grande na frente da entrada principal de energia, poderá formar uma barreira não desejável.

(Continua)