CLICK HERE TO TRANSLATE THE BLOG TO YOUR LANGUAGE!

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

¿Cómo Recibir en el Corazon El Espíritu De La Navidad?


Para el 21 de diciembre es uno de los días más especiales, no sólo porque es la noche más corta del año, sino también porque se celebra el solsticio de verano, momento en el que la tierra se encuentra más cerca del Sol.

En estos solsticios, especialmente entre las doce y unos minutos, dependiendo del año, se reciben bendiciones especiales y es por ello que debemos estar atentos para invocarlas y recibirlas; una de estas bendiciones va dirigida directamente a los hombres de buena voluntad y ha sido denominado como el Espíritu de la Navidad, Nativitas o Natividad; el viejo pascual, como lo conocían anteriormente, tiene la misión de traer, cada fin de año la abundancia, paz, amor, unión, fraternidad, armonía, opulencia, prosperidad y bienestar espiritual a toda la humanidad.

A pesar de ser ésta una tradición de origen nórdico, se ha introducido con mucha fuerza en nuestro país, logrando que niños, jóvenes y adultos lleven a cabo distintos ritos, con el objeto de pedir deseos o simplemente dar gracias por las bendiciones que han recibido a lo largo del año.

Ahora bien, para recibir al Espíritu de la Navidad tal y como él se merece, debemos, además de estar del mejor humor posible, con una sana alegría y con ganas de hacer todo lo que se nos pida sin reclamar, arreglar nuestras casas y a nosotros mismos para que todo aquello que deseemos con fuerza y corazón se nos cumpla.

Comenzaremos por la casa; el 21 de diciembre en la mañana para limpiar, debes encender bastante incienso de mirra y después del mediodía comienza a encender incienso de mandarina. Coloca una estrella de varias puntas, la que consideres más bonita, ya sea comprada o elaborada por ti, y puedes ponerla en tu árbol de Navidad, en la puerta, en la pared, en el pesebre o nacimiento, o donde lo desees; lo importante es que de una u otra manera se quede la radiación del Espíritu de la Navidad y que ilumine siempre con su luz sagrada a la casa y a las personas que allí viven.

Continúa ambientando tú casa con olores de pino y con decorados navideños, donde resalten los colores rojo, verde y blanco. A este ángel le gustan mucho las melodías navideñas, ponlas y sentirás su presencia cada vez que las escuches. Enciende velas rojas, doradas y violetas, siempre en números impares. En fin, todos los detalles que coloques con amor en esta fecha serán dedicados al Espíritu de la Navidad.

En cuanto al ritual para ti, debes hacer un baño con esencias de mandarina y perfumar todo el ambiente. Lleva a cabo un acto de amor y gratitud ante ese Dios paciente, que siempre está dispuesto a perdonar. Después de esta purificación, con el corazón lleno de alegría y esperanza, comienza a escribir lo que deseas, usando una cara del papel, con espacio suficiente para poder cortar cada petición por separado. Prepara tu carta de peticiones en la que pedirás todo lo que desees, desde lo invisible como amor, paz, opulencia; hasta lo visible: automóvil, casa, celulares, etc. Las peticiones deben ser impares, es decir, tres, cinco, siete de cada orden, siguiendo de esta manera: 1) por la humanidad; 2) por nuestro país; 3) por nuestros familiares y amigos más cercanos y 4) nuestras peticiones personales. Podemos pedir también: comprensión, armonía en la pareja, en las relaciones comerciales o empresariales, salud, eliminación de malos hábitos, etc. Relájate y haz una reflexión, pidiendo de corazón por las faltas reconocidas y las que reconoces. Luego perdona, perdona y perdona.

Cuando culmines tu carta debes sacarle varias copias y conservar el original. Es importante recalcar que las peticiones son personales y se guardan hasta el siguiente año, cuando se evalúa si los deseos que hicimos se cumplieron; si así fue, debes quemar los papeles donde se encontraban escritos los deseos del año anterior y realizar las nuevas peticiones.

Finalmente, entre las 7:00 y las 11:00 de la noche, con la carta ya preparada, realizarás una cena en tú casa en honor al Espíritu de la Navidad, le das la bienvenida y se dice lo siguiente: "En el nombre de Dios Todopoderoso le doy la bienvenida al Espíritu de la Navidad para que descienda con su energía y sea concedida por todos los presentes llenándonos de abundancia, amor, paz y prosperidad". Luego, enciende una vela con tu nombre y bendices tu carta diciendo: "En el nombre de Dios Todopoderoso y bajo el auspicio del amado Espíritu de la Navidad, bendigo la perfección contenida en estas peticiones de todos y cada uno de nosotros, para que se manifieste en nuestra vida y nuestro mundo, para el bien nuestro y el de toda la humanidad. Gracias amado Espíritu". Cuando la vela se consuma, con ese mismo fuego se puede quemar la carta original al Espíritu de la Navidad, guardamos la copia y durante el año vamos tachando las peticiones concedidas, manteniendo en nuestra mente las peticiones restantes y diciendo: "Dios me lo quiere dar y sólo está esperando el mejor momento para darme una maravillosa sorpresa".

Ahora ya estás preparado para recibir armoniosamente al Espíritu de la Navidad y aprovechar sus maravillosos beneficios!!

Tomei a liberdade de dividir com vocês essa harmonização maravilhosa. Não achei o autor.

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Primavera da Paz.


Nosso mundo pede PAZ! Então, nada como recorrer ao I Ching e à natureza para relembrarmos algumas lições básicas sobre a tão desejada PAZ.

No I Ching, o hexagrama PAZ é um dos mais prestigiados pelos mestres taoístas. Através dos seus simbolismos podemos aprender mito sobre o seu cultivo. Formado pelo trigrama do Céu e da Terra, ele representa o encontro, a união das energias Yin e Yang na natureza. Quando o Céu e a Terra se unem, geram todas as coisas, todos os seres, toda a vida do universo. Por isso esse hexagrama simboliza a própria primavera, época em que todos os seres são vivificados. Ele representa a renovação, o crescimento, o inicio de um novo ciclo.

Falar da primavera nos faz lembrar das plantas, das árvores, da natureza. Então pense nas plantas de uma floresta. Inúmeros tipos de árvores, algumas imensas invadindo o céu, outras menores, menos imponentes. Arbustos, gramíneas, trepadeiras, flores e cipós... A diversidade das espécies é a maior riqueza das florestas. Lá existe uma variedade tremenda de seres vivos compartilhando o mesmo espaço, em perfeita harmonia. Um conjunto perfeito em que cada um cumpre o seu papel e vive de acordo com sua natureza. A planta que precisa de mais água para viver sorve mais que a outra, que precisa de menos. Quem precisa de mais luz, vai mais para o alto buscar o sol. Quem precisa de menos, fica mais embaixo. E todos se satisfazem, sem que haja injustiça ou reclamação, sem que haja guerra ou discórdia. A grande árvore não se irrita quando a trepadeira enrosca-se no seu tronco para crescer. E a bromélia não precisa de jequitibá para se realizar... Quanta coisa nós, da imensa floresta humana, podemos apreender sobre a convivência
pacífica com os habitantes verdes da floresta...

Pensar nas plantas também nos remete a idéia do cultivo: um processo árduo que começa no preparo da terra e no plantio, culminando na colheita. Isto tudo depois de um longo período de esforço, dedicação e paciência. Esforço para arar a terra mais dura e tornar o campo mais receptivo e propício à germinação das sementes. Dedicação para cuidar, adubar, regar e auxiliar o crescimento dos brotos. Paciência para esperar que a planta naturalmente dê os frutos que tanto aguardamos, o que só acontece no tempo da própria planta. É importante: colhermos o
que plantamos!

Quando dizemos que precisamos de paz no mundo, percebemos claramente o que desejamos colher: “A Paz”. Para isso é necessário cultivá-la, com esforço, dedicação e paciência. Esforço para desenvolvermos a tolerância exterior, quebrando o excesso de rigidez provocado pelas nossas exigências, nossas “certezas” e julgamentos. Para tornarmo-nos mais receptivos ao outro, suas crenças, necessidades e opiniões. Dedicação para perseverarmos na transformação interior que nos amplie a consciência, tornando-nos mais lúcidos e menos ansiosos, mais criativos e menos apegados, mais dinâmico e menos rígidos, mais universais e menos egoístas. Paciência, pois estas transformações não acontecem como um passe de mágica. Os frutos surgem no próprio tempo, de acordo com o ritmo de cada um, respeitando a naturalidade de cada um. Ouvi dizer que a tamareira leva mais de uma centena de anos para produzir frutos. E não adianta tentar apressar a natureza....

Finalizando este princípio de reflexão, mais duas observações sobre o hexagrama Paz: a Terra está acima e o céu está embaixo! Podemos ler: colocar-se no lugar do outro é o caminho do encontro pacífico entre os diferentes. Boa dica dos dois grandes do I Ching, não é?

E outra: a abertura da Terra está no exterior enquanto a transformação do Céu está no interior! Ou seja, a paz é um processo que começa dentro de nós e cresce para fora, em direção ao mundo, pelo caminho da humildade e da tolerância! Ainda bem!... Pois desta forma, mesmo que o exterior dificulte um pouco as coisas, podemos manter viva a esperança de que realmente conseguiremos construir um mundo de paz, começando a partir do nosso próprio coração!
Quer cultivar um pouco de paz interior? Então achegue-se e venha meditar conosco!

Saúde e longevidade!

Wagner Canalonga
Sacerdote Taoísta, Professor de I Ching e
Regente da Sociedade Taoísta do Brasil em São Paulo

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Dentro e fora de você: faxina de fim de ano.


Está chegando o fim do ano e cabe a todos nós, que trabalhamos com energias, lembrar da necessidade da grande faxina de fim de ano. Estou repetindo parte de uma postagem minha do inicio do ano falando dessa faxina e complementando.

A bagunça se forma sem que ninguém perceba e nem sempre é visível. A sala parece em ordem, a cozinha também, mas basta abrir os armários para ver que estão cheios de inutilidades. De acordo com o Feng Shui Interior - uma corrente do Feng Shui que mistura aspectos psicológicos dos moradores com conceitos da tradicional técnica chinesa de harmonização de ambientes - bagunça provoca cansaço e imobilidade, faz as pessoas viverem no passado, engorda, confunde, deprime, tira o foco de coisas importantes, atrasa a vida e atrapalha relacionamentos. Para evitar tudo isso fique atento às:

Sete dicas iniciais para domar a bagunça, durante o ano.

1. Somente coloque uma coisa nova em casa quando se livrar de uma velha;
2. Jogue fora o jornal de anteontem
3. Tenha latas de lixo espalhadas nos ambientes, use-as e limpe-as diariamente;
4. Guarde coisas semelhantes juntas; arrume roupas no armário de acordo com a cor e fique só com as que utiliza mesmo;
5. Toda sexta-feira é dia de jogar papel fora;
6 . Todo dia 30, por exemplo, faça limpeza geral e use caixas de papelão marcadas: lixo, consertos, reciclagem, em caso de dúvida, presentes, doação. Após enchê-las, providencie imediatamente o que você programou;
7. Organize devagar, comece por gavetas e armários e depois escolha um cômodo, faça tudo no seu ritmo e observe as mudanças acontecendo na sua vida..

Agora os finalmente: fazendo a faxina geral de fim de ano.

1. Limpe bem sua casa ou escritórios: limpe tetos e lave paredes.
2. Lave os tapetes e carpetes.
3. Limpe todos os lustres e luminárias.
4. Lave todas as cortinas e toldos se houver.
5. Lave os cobertores e edredons.
6. Limpe os armários por dentro e por fora.
7. Classifique suas roupas: dê o que não usa há um ano e não é roupa de festa ( ou o que você comprou por impulso e não vai usar nunca!).
8. Também seus sapatos, botas e bolsas.
9. Deixe só os livros e revistas que vai ler ou usar, o restante doe.
10. Louças com defeito ou lascadas, talheres desaparelhados, panelas com problemas, doe ou se estiver ruim mesmo, lixo.
11. Pense bem e veja se há mais coisas a limpar ou doar (sempre há).

Com essa faxina, você estará também limpando seu interior, tirando as “teias de aranha do sótão” e deixando espaço para coisas boas e novas entrarem em sua vida. E a sensação de doar para quem precisa é maravilhosa!

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Tudo em seu lugar.


Refúgio, descanso e aconchego. Assim costumam ser os ambientes que foram trabalhados com o Feng Shui. Para os que gostam e manter o equilíbrio espiritual, é fundamental que o local de moradia e trabalho estejam em harmonia. E a decoração é também um elemento fundamental para que isso ocorra. O Feng Shui, uma técnica de energização dos ambientes é o equilíbrio do visível com o invisível. Para a utilização do Feng Shui é realizado um mapeamento na casa ou qualquer outro local onde será colocada em prática a técnica. Na ocasião, o profissional que está à frente do projeto usa durante o processo uma Luo Pan – espécie de bússola chinesa apropriada para fazer o Feng Shui. Segundo a arquiteta e especialista em Feng Shui Ana Cristina Iudice, o método está além de simplesmente ser uma decoração esotérica. “É muito mais do que isso”, garante.

“Muitas pessoas ainda hoje desconhecem o que de fato é o Feng Shui e acreditam que essa prática seja apenas uma forma decorativa. De fato, quando trabalhamos o Feng Shui em um lugar, automaticamente mexemos na decoração do ambiente, porém, o objetivo maior é modificar a energia vital do espaço”, explica.

Ana Cristina, que há cinco anos estuda e trabalha o Feng Shui, conta que o destaque e a vantagem do método é justamente a relação entre o concreto e o energético. “Todos nós temos uma energia e o local onde estamos também. Uma residência, loja, farmácia ou qualquer outro ambiente material tem uma personalidade e isso é estudado”, conta. “Tudo é verificado e analisado quando fazemos o mapa do lugar, inclusive até o ano de fundação do local”, revela.

A arquiteta afirma que hoje a procura pelo Feng Shui tem aumentado, pois, segundo ela, na correria e agitação do mundo moderno, a técnica se torna uma alternativa para aliviar o estresse e um refúgio mais aconchegante. Entretanto, Iudice diz que na capital paraense, a busca pelo Feng Shui ainda é um pouco tímida e restrita. “Esse método tem se tornado gradativamente mais conhecido e os resultados positivos que proporciona aos ambientes ajudam muito na procura por ele”, diz.

Na parte material e decorativa do processo é comum a modificação das cores – principalmente das paredes – do espaço. Outros recursos utilizados são as fontes de água, aquários, sinos de vento – de preferência colocados em um local ventilado, pois, de acordo com Iudice, parados eles não têm finalidade alguma.

As plantas e cerâmicas são elementos bastante aproveitados na decoração do Feng Shui, e para surpresa de alguns, até a música pode trazer benefícios ao processo, especialmente em consultórios. Segundo Iudice, muitos gostam também de utilizar o espelho, mas a especialista alerta que nem sempre a disposição do mesmo pode ser uma boa ideia. “Espelhos no quarto, por exemplo, geram certo estresse e a maioria das pessoas desconhece esse fato”, diz.

Aplicação do Feng Shui

A cirurgiã-dentista e proprietária da loja artesanal Gatos de Rua, Nádia Khaled, decidiu recentemente seguir o Feng Shui na decoração de seu estabelecimento. Ela explica que resolveu optar pela técnica pelo fato de a sua loja vender peças que são feitas artesanalmente. “A matéria-prima é industrializada, mas a confecção é toda artesanal”, explica.

O fato, segundo Nádia, é que o ambiente e os próprios materiais recebem muita energia das pessoas, o que para ela já é o suficiente para querer modificar a decoração do espaço. “A loja tem uma energia peculiar, é bastante colorida, cheia de vida. Porém, tive curiosidade de ver a personalidade do espaço e quis fazer os ajustes necessários para que tudo pudesse ficar melhor”, conta.

Com a aplicação do Feng Shui, a Gatos de Rua não sofreu mudanças muito radicais, apenas algumas alterações nas tonalidades e uma fonte de água. “Essa decisão de mudar a parte decorativa e energética também foi feita pensando no bem estar dos clientes. Quero que eles sintam-se bem em estar lá e confortáveis”, diz. Khaled garante ter sentido os benefícios do Feng Shui. Segundo a proprietária, a loja além de ter ficado mais bonita visualmente, ela sente que está mais harmônica. “Percebo a diferença até na minha equipe de trabalho que mudou para melhor”, revela. *****

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

A relação entre os Cinco Elementos e as atividades econômicas.


Normalmente quando um consultor de Feng Shui vai assessorar uma firma ele usa em seu trabalho as técnicas mais importantes e eficazes na busca de um melhor desempenho da empresa. Utiliza a Xuan Kong Fei Xing (Estrelas Voadoras), verificando principalmente de que direção estão vindo as Estrelas da Água mais auspiciosas. Atualmente se detém principalmente em analisar como pode melhor aproveitar a energia da Estrela da Água 8, regente do período. Analisa o “design” da empresa. Estuda os fluxos do Qi: o fluxo externo, o fluxo interno, o fluxo das pessoas e o fluxo do dinheiro. Buscando a realização de um lucro maior, aplica também Métodos da Água (Dragões da Água). Entretanto, existem outros aspectos que, podem ajudar a melhorar ainda mais os resultados da empresa. E um desses itens a ser abordado diz respeito à relação existente entre a atividade principal da empresa e um dos cinco elementos.

A cada atividade econômica, conforme a natureza do negócio, está associada um dos elementos, como veremos a seguir alguns exemplos.

- Madeira
Ao elemento Madeira estão associadas diversas atividades, como as relacionadas com criatividade (desenho, arquitetura, paisagismo); alimentação (restaurante, pizzaria, mercearia, lanchonete); saúde (farmácia, consultório médico, consultório dentário, consultório psicológico, consultório veterinário, hospital); plantas (floricultura, floristas), literatura (escrever livros, ler livros); ensino (escola), papéis (fabricação, venda).

- Fogo
Entre as várias atividades relacionadas com o elemento Fogo destacam-se aquelas que dizem respeito à moda; às indústrias que utilizam fogo no processo de fabricação; às indústrias químicas; casas de espetáculos; beleza; animais, e tintas.

- Terra
As principais atividades vinculadas ao elemento Terra são as que tratam de armazenagem; segurança; estabilidade e construção.

- Metal
As atividades mais importantes associadas ao elemento Metal são atividades relacionadas com dinheiro, investimento e câmbio; aconselhamento, consultoria e auditoria, e metalurgia.

- Água
O elemento Água está vinculado à comunicação; rádio; internet; música; fala; transporte e viagens; líquidos e limpeza.

É bom destacar que a relação não é tão simples. Antes de se associar um tipo de empreendimento a um determinado elemento é muito importante fazer-se uma reflexão sobre a natureza do negócio. A seguir são apresentados dois exemplos para que se possa ter uma idéia da complexidade da associação. A atividade relacionada com a saúde, como foi já visto, está relacionada ao elemento Madeira, portanto o médico está associado ao elemento Madeira. Já o cirurgião geralmente é Madeira com Metal e o cirurgião plástico, Madeira com Fogo. Vendas é uma atividade tipo Água, mas a loja de plantas é Madeira; a de animais, Fogo; a de carros, Metal e a de móveis, Madeira.

Ao analisar-se uma atividade econômica temos que ter em mente que para ela o mais importante é o elemento que gera o elemento associado à atividade. Por exemplo, em uma padaria, que tem como elemento associado o Fogo, a Madeira que gera o Fogo é o elemento que deve predominar como principal e, secundariamente, o próprio Fogo.

Essa associação da atividade com um dos elementos é bastante utilizada quando é feita a escolha de um logotipo, cartão de visita, placa de propaganda ou colocação do nome da empresa na fachada do imóvel. A escolha deve priorizar um visual que seja bonito, esteja relacionado com a atividade e que contemple os elementos que favoreçam o negócio. O elemento predominante deve ser o que gera e elemento associado à atividade principal da empresa. Secundariamente deve ser colocado o elemento associado à atividade e, se possível, um pouquinho do elemento controlado pelo elemento relacionado à atividade. No caso de uma padaria, por exemplo, o painel colocado na fachada do prédio deveria conter prioritariamente a Madeira, secundariamente o Fogo e um pouco de Metal. Esses elementos apareceriam na fachada através de cores, formas e tipos de letras. Mas, não se esqueçam, esse é apenas um dos aspectos da análise de Feng Shui, nunca devemos olvidar o que vão nos informar as técnicas mais importantes, como a Xuan Kong Fei Xing.


Por José Francisco Kanarzveski Consultor de Feng Shui

domingo, 14 de novembro de 2010

Feng Shui - Curso Básico


Lição Vinte - 9 Palácios e 8 Direções (Esta lição é para Estudantes Avançados)

1. Luo Shu
Como aceito por todos os profissionais de Feng Shui, o Luo Shu foi encontrado sobre a carapaça de uma tartaruga gigante na forma de pontos coloridos em 9 posições do casco. Os pontos não estavam separados por linhas. O casco da tartaruga não estava dividido em 8 fatias ou em 9 quadrados.

2. Coração Celestial
Na Filosofia Chinesa, o coração é tudo e o coração é nada. Isto significa que um coração abriga todo o espaço e abriga nenhum espaço.
Em Xuan Kong Feng Shui, o coração celestial é a Estrela do Período. Esta, junto com o assentamento e a direção da casa, define a Carta das Estrelas da casa.

3. Palácio Central
A palavra “Palácio” não é necessariamente usada para significar espaço. Por exemplo, o “Palácio da Vida” não ocupa nenhum espaço. O palácio central não ocupa nenhum espaço, mas é o palácio mais importante da carta das estrelas. Não somente governa a localização de todas as outras estrelas nas oito direções, a estrela da direção e a estrela do assentamento no centro nos fala muito a respeito da casa.

4. O que está nos livros antigos.
Nos livros escritos há mais de 100 anos, os diagramas eram feitos à mão livre com pincéis. Estes diagramas tinham somente uma indicação de como a carta devia ser lida. Junto à planta-baixa desenhada de modo grosseiro está a carta das estrelas (sem os quadrados) orientada de modo a mostrar a direção da face e do assentamento. Isto não é uma trama de nove quadrados superposta à planta-baixa. Em alguns livros modernos, o anel das vinte e quatro montanhas da Luo Pan é sobreposto à planta-baixa de tal forma que os objetos do interior e do exterior do imóvel podem ser localizados dentro de cada uma das vinte e quatro montanhas. Isso ajuda os leitores a entender melhor a situação. Eu fico aborrecido com as pessoas que insultam o bom trabalho realizado por estes modernos escritores.
Quando faço uma consulta, por experiência posso falar a localização das estrelas e dos objetos na maioria das casas. Em caso de dúvida, eu uso o template sobre a planta-baixa para localizar exatamente onde a porta ou outro objeto exterior está. Este é o porquê da necessidade de encontrar o centro da casa. Isto se chama “zhong yang li ji”.

5. Com o que se parece um Palácio?
Um palácio se parece com um retângulo, uma cunha (fatia) ou com um trapézio?
Ele não tem a aparência de nenhuma destas figuras. Nós estamos interessados somente na direção dos objetos em relação ao centro da casa. O template da Luo Pan (ver Lição Nove) superposto à planta-baixa claramente indica as direções dos objetos. Também indica de qual direção a “estrela” vem.
Dentro de uma casa, cada ambiente pode conter mais de um palácio. Então, o ambiente está sob a influència do qi destes palácios. Todas a combinações devem ser consideradas. Isto é porque “o qi cavalga no vento” e “o qi irá parar numa barreira”. Sem paredes separando diferents palácios, o qi irá simplesmente se misturar. Entretanto, formas exteriores atuam somente sobre as estrelas de um palácio em particular.
Você pode facilemente visualizar que se você usa nove retângulos em sua carta, você não pode dizer de qual montanha o qi está vindo, em qual montanha uma estrada se origina, para qual montanha a estrada se dirige, etc... ***

Master Joseph Yu - Tradução Arquiteto Riceles Araujo Costa

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Feng Shui - Curso Básico

Lição Dezenove - Aquários e Plantas


Aquários são comumente usados como item de Feng Shui. Em geral, mestres de Feng Shui recomendam colocar 6 peixes dourados e 1 peixe preto no aquário. Ele pode explicar que os peixes dourados trarão prosperidade para família ou para o negócio enquanto o peixe preto absorverá sha qi. O peixe preto é mais vulnerável ao ataque de sha qi e morrerá facilmente. O peixe morto deve ser removido e substituído por outro peixe preto.

A razão pela qual usamos aquários em Feng Shui é porque queremos usar água em certas áreas da casa. Os peixes são para que a água se movimente e tenha “vida”. Água é usada para reter sheng qi. É um ensinamento irresponsável dizer que aquele peixe preto é para absorver sha qi. Quando o peixe morre, não é pelo seu dono. Um peixe morto, claro, precisa ser substituído. Os motivos para usar 6 peixes dourados e um peixe preto são:
1. 1 e 6 juntos representam água na Carta do Rio;
2. Dourado é uma cor metálica e metal fortalece a água;
3. Preto é a cor da água

É a água que traz prosperidade se corretamente posicionada e não os peixes dourados. É a água que abranda o sha qi e não o peixe preto.



Plantas vivas também são usadas com freqüência em Feng Shui. Diz-se que plantas folhas grandes trazem prosperidade enquanto plantas com espinhos repelem sha qi. Isso nem sempre é verdade.

O uso de plantas é duplo. Quando usamos plantas em vaso, estamos utilizando os elementos Terra e Madeira. Se a planta é forte e robusta, estamos usando mais madeira que terra. Se a planta é delgada e frágil, nós estamos usando mais terra que madeira. Também usamos um grande vaso de plantas para representar uma “montanha”. Isto tem mais relação com saúde do que com prosperidade. Uma planta sadia representa “vida” e também pode produzir oxigênio. Se uma planta aquática é usada, nós estamos utilizando os elementos Madeira e Água. Isto é para fortalecer o sucesso acadêmico e romance. Flores frescas num vaso bonito produzem o mesmo efeito (ver Lições Treze, Quatorze e Quinze).

Master Joseph Yu - Tradução Arquiteto Riceles Araujo Costa.

sábado, 6 de novembro de 2010

Feng Shui - Curso Básico

Lição Dezoito - Sinos de Vento, Espelhos e Flautas.


Sinos de Vento são feitos de metal. É o som metálico que nós queremos para curar a doença gerada pela estrela #2. Deve ser utilizado em um lugar com vento para produzir som.

Fogo ofende o Metal. Portanto, talismãs na cor vermelha não devem ser colocados junto com o sino de vento. O número de hastes não deve ser 5. Seis é a quantidade correta.

Entretanto, num lugar com #2 e #5, este é não apropriado porque o sino de vento é #6 na forma. #6 representa o Céu, #2 representa a Terra e #5 representa o Homem. Quando Céu, Terra e Homem, estão todos presentes, isso irá convidar ‘espíritos’ (combinação especial de energia) e causará pesadelos e ilusões.


Na antiga China, Espelhos eram feitos de bronze e podiam refletir a luz. Então, esta é também uma boa fonte de energia metálica na forma de luz.Pode ser usado para curar #2 e #5. Um Ba Gua feito de bronze tem um efeito débil porque não é brilhante e não pode refletir a luz adequadamente. Os espelho que usamos na atualidade são feitos de vidro com uma película em um dos lados. Se usado corretamente numa sala pode dar a sensação de mais espaço e luz. Não deve ser usado para “refletir sha qi”. Um espelho Ba Gua não pode dissolver o sha qi trazido por uma “flecha secreta” criada por uma junção ‘T’. Na realidade, a luz dos faróis de carros vindo em direção à casa pode ser refletida sobre o motorista e causar um acidente.

Flautas são feitas de bambu que é madeira (madeira morta). Se colocadas onde a estrela #5 está, elas irritarão aquela estrela maléfica, que é terra em sua natureza, e trará má sorte. Se colocadas onde a combinação #2 & #3 está, isto trará discussões e problemas judiciais. Se colocadas onde as combinações #3 & #8 ou #4 & #8 estão, isso trará injúria física para crianças.

Master Joseph Yu - Tradução Arquiteto Riceles Araujo Costa.

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Feng Shui - Curso Básico

Lição Dezessete - O Octógono – Um Belo Mal-entendido

O octógono é usado como símbolo do Ba Gua. Esta é na realidade uma confusão aceita como verdade, um belo mal-entendido.O Xian Tian Ba Gua era construído conforme a seguinte descrição:

O Céu e a Terra determinam as posições.
A Montanha e o pântano podem trocar qi.
O Trovão e o Vento ecoam.
A Água e o Fogo não atacam um ao outro.

Era bastante lógico visualizar o Céu em cima e a Terra embaixo. Este par determina a posição dos oito trigramas.Os outros três pares opostos são Montanha e Pântano, Trovão e Vento, Água e Fogo.



O diagrama acima é perfeitamente simétrico horizontal e verticalmente, mas não é perfeitamente radial. Alguns artistas acreditavam que ele poderia ser mais atrativo aos olhos se um octógono fosse usado no lugar de um quadrado. Por isso, o Ba Gua tomou a forma de um octógono. Entretanto, ele pode ser mais simétrico se um círculo fosse usado para representar o Ba Gua e se os trigramas fossem desenhados com arcos no lugar de linhas! A razão dessa forma não ter sido adotada é por que era difícil de desenhar.
Na realidade, o Ba Gua é apenas um conceito. O octógono é a representação pictórica deste conceito. Pode ser representado por um quadrado ou por um círculo. O octógono não é o Ba Gua e o Ba Gua é não um octógono.
O Hou Tian Ba Gua foi derivado do Luo Shu que era um quadrado dividido em nove quadrados iguais. Este é usado nos estudos de Feng Shui como um mapa de energia sobre uma superfície bidimensional (planta-baixa do imóvel).


Se um “Ba Gua” é para ser usado sobreposto à planta-baixa para analisar o feng shui de uma casa, um quadrado é realmente mais conveniente que um octógono. Entretanto, o correto a ser utilizado não é nem um quadrado nem um octógono. (Veja a Lição Nove).

Master Joseph Yu - Tradução Arquiteto Riceles Araujo Costa.

sábado, 30 de outubro de 2010

Feng Shui - Curso Básico


Lição Dezesseis - Escada em Frente à Porta

Muitas pessoas não gostam de ter dentro de casa uma escada que esteja alinhada com a entrada principal. Elas são da opinião de que por causa desta disposição haverá perda de prosperidade. Simplesmente a prosperidade rolaria pela escada e sairia pela porta. Alguns mestres de feng shui recomendam que um biombo seja colocado entre a escada e a porta para reter a prosperidade. Quanta verdade há nisso?

Vamos estudar os dois diagramas abaixo. Na Casa A, a escada está quase alinhada com a porta (a cerca de 2,40 m). Qualquer sheng qi entrando na casa pela porta principal será bloqueado pela escada e repelido para fora. Será difícil alcançar outras partes da casa. Este, com certeza, é um posicionamento ruim.


Casa A

Na Casa B, a escada está a mais de 4,50 m da porta. Isto não cria nenhuma dificuldade para o qi entrar pela porta e alcançar todas as partes da casa. Se um biombo for posicionado entre a porta e a escada, uma barreira é criada bloqueando o qi de chegar às outras partes da casa. O bom feng shui está sendo transformado em Feng Shui ruim. Você pode ver como um engano pode se difundir e se tornar uma confusão no Feng Shui.



Casa B

Master Joseph Yu - Tradução do Arq. Riceles Araujo Costa.

sábado, 23 de outubro de 2010

Feng Shui - Curso Básico

Lição Quinze -
Sucesso nos Estudos


Sucesso nos estudos é outra parte importante da vida. É especialmente importante para famílias com filhos na escola ou universidade. No Feng Shui das Estrelas Voadoras devemos examinar a estrutura das estrelas de uma casa antes de dizer como ativar o sucesso acadêmico. Nem toda casa possui a desejada combinação de estrelas responsável pela realização acadêmica. Entretanto, existem algumas dicas simples do tipo faça você mesmo que não violam os princípios do feng shui e que são relatados como efetivos.

Na análise dos Quatro Pilares, de acordo com a hora, dia, mês e ano de nascimento de uma pessoa existe uma determinada combinação chamada “Sucesso Acadêmico”. A posição mais favorável para as pessoas nascidas em diferentes anos é dada nesta tabela.


Último Dígito do Ano de Nascimento

Posição para o Sucesso Acadêmico

0

NW

1

N

2

NE

3

E

4

SE

5

S

6

SW

7

W

8

SW

9

W

















É efetivo colocar uma mesa de estudos na posição do sucesso acadêmico. Se uma sala está na respectiva posição de uma casa e a mesa está na respectiva posição de uma sala, o resultado é mais relevante. Se isto não for conveniente então coloque alguns objetos naquelas posições para ativar o qi acadêmico. Quatro lápis num porta-lápis funcionarão bem. Uma torre ornamental também funcionará.

Note que o ano solar inicia normalmente em 4 de fevereiro. Às vezes este início pode ser no dia 3 ou no dia 5. Pessoas nascidas nestes dias enviem uma mensagem para confirmação do ano (ver nota no final do texto).

Outro método simples é usar o Palácio Vento da casa. O Palácio Vento é relacionado à estrela #4 do Luo Shu que é responsável pelo sucesso acadêmico. O Palácio Vento é a seção Sudeste (SE) da casa.

Master Joseph Yu - Tradução Arq. Riceles Araujo Costa

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Feng Shui - Curso Básico

Lição Quatorze - Romance II


Na análise dos Quatro Pilares, de acordo com a hora, dia, mês e ano de nascimento de uma pessoa existem certas combinações chamadas “Flor de Pessegueiro”. A relação entre o signo animal de uma pessoa e a “Flor de Pessegueiro” é mostrada na tabela abaixo. Na Lição Treze, por signo animal estamos nos referindo ao ramo terrestre do ano de nascimento. Em época recente, as pessoas utilizam o ramo terrestre do pilar dia como ponto de referência. A tabela é a mesma, mas o signo animal se refere ao pilar dia.

Signos Animais

Flor de Pessegueiro

Tigre, Cavalo, Cachorro

Coelho

Coelho, Carneiro, Porco

Rato

Rato, Dragão, Macaco

Galo

Búfalo, Serpente, Galo

Cavalo


Flores de Pessegueiro são relacionadas a romance. Na Lição Doze, vimos uma tabela com a localização dos signos animais. O rato está localizado no norte (345 - 15 graus). O coelho, no leste (75 - 105 graus). O cavalo, no sul (165 - 195 graus). O Galo, no oeste (255 - 285 graus).

Se a Flor de Pessegueiro for ativada, então a pessoa do signo animal correspondente provavelmente terá romance. Um modo de ativar a Flor de Pessegueiro é usando flores frescas num bonito vaso com água limpa. É necessário ter cuidado para usar flores frescas e lembrar que o vaso precisa estar cheio com água limpa. De outra forma, o romance será desagradável.

Pessoas casadas não devem ativar a Flor de Pessegueiro, pois pode induzir a relações extraconjugais e destruir a harmonia familiar.

Qual é mais efetivo? Eu recomendo que você tente durante três meses usando uma posição e, se não funcionar, use a outra posição por mais três meses.

Master Joseph Yu - Tradução Arq. Riceles Araujo Costa