CLICK HERE TO TRANSLATE THE BLOG TO YOUR LANGUAGE!

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Passando o passado a limpo.


Estou começando hoje a gravar, para depois digitar, o que eu sei da historia da minha família de origem e de seus antepassados. Tenho que fazer isso porque sou a pessoa mais velha atualmente e, se eu não passar o que sei assim que eu me for, tudo irá também.

Qual é a importância disso? Para mim, saber de onde viemos, quais as batalhas que nossos antepassados lutaram, como viveram é muito importante. Eu tinha dez anos de idade quando morreu uma de minhas avós, a vó Armilla e guardei todas as fotos e negativos em vidro que ela deixou. Eu já gostava das histórias dos antigos.


Sabendo como eram nossos antepassados descobrimos coisas físicas e mentais que herdamos deles. Podemos nos orgulhar (ou não), mas vamos sempre aprender e talvez sirva para nos tornarmos melhores pessoas, cometendo menos erros.

Tive a curiosidade de fazer o mapa das Estrelas do Feng Shui da casa de um de meus avós e descobri que ela era boa para a prosperidade e má para relacionamentos, tanto do casal como com os filhos.Meus avós se separaram em 1945, fato muito raro na época e quase todos os filhos não gostavam de meu avô.


Eu nasci no mesmo dia que esse avô e tive o prazer de ser muito querida e especial para ele. Éramos amigos nós dois. A tarde depois de fazer a lição eu ia para casa dele conversar. Aprendi muito com o velho e querido português, que veio para o Brasil com doze anos e foi autodidata para ler, escrever, saber historia e outras coisas do mundo e ainda criar um grande patrimônio para a família.

Estou juntando as memórias e tenho certeza de que vou sair disso mais sabia.