CLICK HERE TO TRANSLATE THE BLOG TO YOUR LANGUAGE!

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Feng Shui - para seu animal de estimação.

Você já se perguntou por que seu cão ou gato tem um local preferido? É simplesmente conveniência? Por que será que eles se recusam a dormir na cama do animal de estimação perfeita que você forneceu, em vez se jogar em outro lugar, mesmo que seja chão nu?

Nossos animais de estimação têm guardiães também. Seus responsáveis ​​precisam de apoio. Cada tutor é definido por um elemento em Feng Shui. Às vezes as necessidades desses tutores não são compatíveis com onde nós queremos que nossos animais de estimação durmam.

Mesmo as galinhas têm uma preferência por certas energias do Feng Shui ! Por exemplo; Minhas galinhas não põe ovos em um ninho de frente para direção 330 º ?  Mesma caixa, mesmo ninho como o outro, mas elas não gostam disso. Então, eu vou saber que nidificam em outro lugar. Até agora é a direção  30 º   a sua favorita ... junto com 185 º. Estes dois sentidos têm a corrente de energia "riqueza" chegando. Coincidência? Nem pensar ... galinhas sentem a energia, e elas vão sempre escolher o melhor ninho. Nós apenas temos que ter certeza de que estejam disponíveis.

Quanto você sabe sobre o seu animal de estimação? Será que ele / ela está feliz em sua cama? Será que eles vão lá voluntariamente durante o dia para descansar, ou você tem que forçar a questão?

Cães vão gravitar para a melhor energia na casa. Eles sabem o que é bom para eles ... e o mais provável é que a energia também será boa para você! 

Mas observe seus gatos. Os gatos parecem gravitar para a energia negativa mais forte! Eles estão simplesmente absorvendo isso para você? Ou isso é onde eles encontram o seu verdadeiro poder? Eu acho que a resposta depende se você é ou não uma pessoa ligada em gatos!

Não importa qual a razão  que seus animais de estimação tem, eles realmente têm preferências e, se prestarmos atenção, podemos apenas aprender alguma coisa.


Traduzido de um artigo de Monica Hess  - FENG SHUI THIS - http://monicahess.com/

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Dia das Mães: gratidão.

Minha mãe Cybelle era poderosa. Embora seu pai, o Coronel José Francisco de Carvalho e Mello não a deixasse estudar (e disso se arrependeu muito) ela tinha uma cabeça muito boa, uma visão clara de circunstancias e probabilidades para fazer um bom negocio.  Multiplicou tudo que ela herdou do pai.

Uma coisa que sinto muito é que ela não aproveitou o que tinha para desfrutar das coisas do mundo: viagens, roupas, carros... seu pensamento era sempre poupar. Até dá para entender isso porque vovô era rico e passou apertos com a crise mundial de 1929. Recuperou-se depois, mas o trauma ficou.

Não era muito chegada, embora as fizesse, as lides domesticas. Ela detestava cozinhar, mas era boa doceira. Gostava da casa muito limpa, mas a faxina ou eu, filha, ou a faxineira era quem fazia. Era perita em explorar as habilidades dos outros.

De qualquer forma sou grata a ela  porque me fez estudar, foi dura comigo e me obrigou a lutar pelo que eu queria. Se não fosse por seu bom exemplo, talvez eu não fosse a pessoa que sou hoje.  Porem peguei o lado bom de minha mãe e corrigi o que achava que ela deveria ter feito e não fez.

Obrigada mãe, onde quer que você esteja. Amo você.