CLICK HERE TO TRANSLATE THE BLOG TO YOUR LANGUAGE!

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

I Ching, o livro inestimável.

O que se acredita ser a verdade de hoje pode não ser a verdade verdadeira amanhã. O mundo está permanentemente em mudança. É por isso que o 
I Ching , o Livro das Mutações, é inestimável.

Ninguém, não importa quem ele é ou como ele é autoritário, tem sempre razão. Nenhuma escola de pensamento pode ser "a verdade".

No entanto, algumas escolas de pensamento tem sido provadas falsas. Por exemplo, os antigos ensinavam que a Terra era plana. Galileo sacrificou sua vida por causa disso,desafiando as autoridades. Foi Galileo emissor do  Sha Qi ou o supressor da liberdade de pensamento e de expressão, o emissor do  Sha Qi? O mundo não vai estar progredindo, se todos ficarem em silêncio para o falso ensino.

Você pode perguntar: "Quem está na posição de dizer o que é certo e o que é errado?" A resposta é simples: O que é lógico é certo e o que não é, está errado.

Nós, profissionais, estudantes e professores de Feng Shui não devemos sentir a discussão, debate e crítica como uma fonte de Sha Qi. De fato, é a força de propulsão para nos fazer avançar.


A única coisa é que a crítica não deve se tornar ataque pessoal e supressão da liberdade de expressão. O importante é se a intenção é boa. E também o senso de humor pode adicionar sabor à discussão ou debate, se é de bom gosto.

Master Joseph Yu - http://fsrcenter.blogspot.com

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Feng Shui e a Física Quântica.


Quando se fala em energias do ambiente, a maioria das pessoas imagina algo místico e transcendental, espiritual e até mesmo religioso. O ser humano ainda não percebeu o quanto está em sintonia com o Todo, principalmente os ocidentais que precisam de “provas concretas” de tudo que acontece e tudo que não é visível deve ser “provado” de uma forma cartesiana com formulas matemáticas.

O advento da física quântica com Einstein no inicio do século XX fez cair por terra este sistema de provas concretas com as quais os ocidentais estavam e ainda estão acostumados.

Einstein acreditava profundamente na harmonia inerente à natureza, e ao longo da sua vida cientifica, sua maior preocupação foi descobrir um fundamento unificado para a física. Ele mesmo sentiu um choque quando se deparou com os novos conceitos de física e descreveu seus sentimentos a respeito disso..

...” Era como se o chão tivesse sido retirado debaixo dos meus pés, e não houvesse em qualquer outro lugar uma base sólida sobre a qual pudesse construir algo.”

Em contraste com a concepção mecanicista cartesiana, a visão de mundo que esta surgindo, a partir da física quântica, o Universo deixa de ser visto como uma maquina composta de objetos, para ser descrito como um Todo dinâmico, indivisível, cujas partes estão essencialmente inter-relacionadas e só podem ser entendidas como um modelo de um processo cósmico. Estes “novos” conceitos podem ser comparados com as antigas tradições místicas orientais. Muitos físicos criados numa tradição que associa misticismo a coisas vagas, misteriosas e não cientificas, ficaram chocados ao ver suas idéias comparadas às dos místicos orientais.

O conceito de “energia” e matéria serem diferentes também pode ser decifrado a partir da famosa equação de Einstein: E=m c².

Isso significa que a massa (matéria) nada mais é senão uma forma de energia. Mesmo um objeto em repouso tem energia armazenada em sua massa.Tudo, desde os planetas, estrelas, montanhas, animais, seres humanos, casas, objetos, pedras, água, enfim... TUDO possui energia e a mesma energia interligada.

Por conseguinte, as formas de como estas energias atuam , são diferentes, ou seja, possuem diferentes formas de agir dinamicamente entre si. Ora feixes, ora luz, ora partícula, ora ondas. Quando as observamos, nunca vemos qualquer substância; o que vemos são modelos dinâmicos que se convertem continuamente uns nos outros-a continua dança da energia.

Esse “tipos” e formas de energia podem ser comparados com a Teoria chinesa dos 5 elementos ou 5 movimentos ou ainda: 5 formas de energia existentes....Base do Taoísmo da medicina oriental e do Feng Shui Tradicional.


Concluindo-se também que a “matéria não pode ser criada nem destruída, apenas transformada”.. Assim também funciona no Feng Shui Tradicional, podemos manipular e transformar as “energias do ambiente” através de “formas e elementos”.

A característica fundamental da teoria quântica é que o observador é imprescindível, não só para que as propriedades de um fenômeno atômico sejam observadas, mas também para ocasionar essas propriedades.

Essas propriedades ou probabilidades também podem ser diferentes no espaço-tempo, em que vai depender do local, do tempo e também do observador. A Física Quântica das probabilidades também pode ser comparada ao Feng Shui Tradicional em que poderíamos de uma forma mais OCIDENTAL E QUÂNTICA dizer:

FENG SHUI TRADICIONAL é o estudo das probabilidades de acontecerem determinados fatos dentro de um determinado espaço, ao longo do tempo, com isso temos o histórico do imóvel e podemos determinar como este imóvel vai influenciar as pessoas que nele morarem ou trabalharem.

As interações entre o ser humano e o imóvel também devem ser consideradas, pois existe alem do estudo do ambiente, que é a nossa segunda casa, o estudo do morador e de sua primeira casa (o corpo humano). Combinando-se assim os aspectos conscenciais que o imóvel pode trazer (desafios e aprendizados).

Raquel Pereira Reis
Engª Civil- Consultora de Feng Shui