CLICK HERE TO TRANSLATE THE BLOG TO YOUR LANGUAGE!

terça-feira, 23 de julho de 2013

Escolhendo o Dia da Mudança - parte IV



Ao longo desses quase quatro anos meu blog teve 85.000 visitas. Dessas visitas todas, o maior número de comentários e perguntas que tive foi a respeito da escolha do dia da mudança, postagem de 14/05/2011.

Fazendo uma pesquisa nessas perguntas pude ver que:

1.    pergunta sobre a influencia da fase da lua no dia da mudança: não há citação disso no Feng Shui, nada que eu tenha aprendido até agora

2.    inúmeras perguntas chegam com a data já marcada, para saber se ela é boa: se a pessoa já marcou a data e definiu a mudança não vou responder  porque se ela for boa, ótimo, mas e se for ruim? O que a pessoa vai fazer?

3.    a pergunta chega e quando eu respondo: a pessoa diz que já mudou e pergunta se vai dar certo? Também não respondo porque já foi mesmo.

Se você realmente deseja saber uma data boa para sua mudança deve observar o seguinte:

1.    peça a informação com uma antecedência de pelo menos dois meses, porque há meses que não tem muitas datas boas e as vezes a data é propicia, mas não combina com os animais das datas de nascimento.

2.    lembre-se de que você pode mudar todos os seus móveis e pertences, mas a data de mudança é quando você ocupa a casa, toma água e se alimenta nela, e principalmente dorme nela. Aí as energias da casa e você estarão interagindo.

Se por outro lado você quer fazer realmente uma boa mudança, deve fazer a análise do Feng Shui do imóvel, de preferência antes de alugar, comprar ou construir. Tenha em mente que um imóvel com um Feng Shui ruim é como uma casa com fundação mal feita: as vezes dá para consertar, as vezes não. 

Posso afirmar isso com toda segurança porque construí dezenas de imoveis ao longo de trinta e cinco anos e depois disso já trabalho com Feng Shui há dezessete. 

 E lembre-se: leve seus pets com você!