CLICK HERE TO TRANSLATE THE BLOG TO YOUR LANGUAGE!

sábado, 22 de setembro de 2012

Aparência e Forma em Feng Shui – Parte 6


Yin Qi e Yang Qi

Não pode haver nenhum Yang, sem Yang que também convida Yin em seu caminho e vice-versa.

Yang por si próprio não conseguirá nada, Yin por si próprio será inexistente também. O Sheng qi pode existir somente se Yang e Yin se encontram com e se apreciam o equilíbrio dinâmico.
Indo de encontro à crença popular, o universo não conhece equilíbrio, nem hospeda harmonia.

Ainda que muito pertença ao reino da Medicina Tradicional Chinesa, termos tais como “equilíbrio” e “harmonia” foram de algum modo incorporados no currículo de Feng Shui, Quatro Pilares do Destino e Ki das Nove Estrela Ki, enquanto fora do corpo humano - onde, sim, nós apreciaríamos o fluxo desejável de Qi – o equilíbrio é ainda razoavelmente inexistente.

O universo não está em equilíbrio, assim é muito melhor dizer que o universo está procurando o equilíbrio.

Usar termos tais como harmonia e equilíbrio deve ser funcional ao contexto e não copiados de ouvir falar, mas tais termos serão compreendidos somente se uma situação ocorrer onde Yang ou Yin domina, então esta situação pode ser inadequada para as pessoas viverem e para prosperar e isto pode resultar em Sha qi.

Para dizer apenas que uma situação é indesejável quando Yin e Yang podem parecer em confronto, não é uma indicação para Sha qi. Nós podemos também raciocinar que, a fim ter uma vida bem sucedida e significativa, nós necessitamos muito mais do que apenas “equilíbrio” ou “harmonia”. Equilíbrio e harmonia como termos devem ser jogados fora do currículo dos profissionais que lidam com o Qi, à exceção dos praticantes de MTC, ou sejam ao menos examinados atentamente. Se nós olharmos para proporção, nós podemos apreciar um pequeno desequilíbrio das forças de Yin e de Yang.

Nós devemos notar, entretanto que termos tais como Sheng qi e Sha qi são relativos e espelhados para as pessoas, porque o que é Sha qi para as pessoas pode não causar problemas para a natureza. Tudo é relativo e nós necessitamos observar atentamente a proporção e o contexto.

A respeito da Aparência e da Forma, a parte tangível do objeto é Yin e será criada e sempre
acompanhada e sustentada pelo Qi que moldou a forma e que é Yang. A respeito dos objetos físicos menores, usados com abundância em Feng Shui para ajustar o interior, a pergunta que se levanta é se nós pudemos realmente esperar algum efeito considerável deles. Qual será a ressonância do Qi de pequenos objetos físicos?

Mestre Heluo    www.heluo.nl               Tradução de Riceles Araujo Costa