CLICK HERE TO TRANSLATE THE BLOG TO YOUR LANGUAGE!

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Utilizando o Feng Shui: como começar.



AS  ENERGIAS EM UM IMÓVEL

Você já reparou que algumas construções trazem saúde e prosperidade para seus usuários, enquanto outras não parecem ser especialmente benéficas para as pessoas que nelas habitam ou trabalham? Não basta uma boa estrutura, uma excelente impermeabilização, nem mesmo um projeto arquitetonicamente perfeito para tornar uma edificação saudável em todos os sentidos. Precisamos saber quais são e como  fluem as energias no imóvel .Há varias formas de trabalhar com energia e a que eu uso é o Feng Shui.

O FENG SHUI

O Feng Shui, originário da China e respaldado num sólido conhecimento de cinco mil anos, trata do movimento das energias ao longo do tempo, mas sobre o solo. Estuda como elas se distribuem e atuam na área que circunda os imóveis, provindas tanto de outros imóveis como de acidentes geográficos que tenham influência na circulação das energias. O Feng Shui também considera a Terra como um ser vivo e, como tal, passível de tratamento pela tradicional medicina chinesa. 

Aliás, o conceito de medicina na China tem muito pouco a ver com a medicina ocidental. Enquanto essa é basicamente corretiva, isto é, trata das doenças, a função do médico chinês sempre foi manter o individuo saudável e, para isso, ele recebia seus honorários. A partir do momento em que surgia alguma doença na família, seus proventos cessavam até a cura completa do paciente. Da mesma forma o Feng Shui tem esse caráter preventivo, suas técnicas são utilizadas para evitar que males de saúde, financeiros e emocionais se abatam sobre as pessoas que se utilizam às construções.

A base do Feng Shui é o I Ching, o mais famoso pilar da sabedoria chinesa, embora já tenha sido confundido com superstição ou magia. O Feng Shui é uma ciência natural, praticada com arte e capaz de prover boa saúde e prosperidade. Isso é conseguido graças a uma correta e harmônica distribuição em relação aos campos energéticos que existem sobre a terra e para fazer essa distribuição e ajustes, são usadas as Teorias do Yin e Yang e a Teoria dos Cinco Elementos.   

HISTORICO DO IMÓVEL

A primeira coisa a se fazer antes de comprar um imóvel é conhecer sua história, ou seja, o que aconteceu com os donos anteriores, se o imóvel for usado, ou então o que sucedeu durante a construção, se ele for novo. Exemplos comuns são os casos de donos anteriores que tenham ficado muito doentes, no local, ou de casais que brigavam muito e que finalmente se separaram. Se for para uma atividade comercial, é preciso saber por que razão os negócios anteriores lá estabelecidos não prosperaram, faliram, ou simplesmente fecharam. Uma boa pesquisa é fundamental porque, embora fatores outros possam ser apontados como responsáveis pelos fracassos, tais como crise econômica, globalização e muitas outras, perguntas bem feitas podem oferecer a você um bom diagnostico.

No caso de imóvel novo é bom verificar se houve muitos acidentes durante a construção, se aconteceram casos inexplicáveis de sumiço ou defeito de materiais. É bom também verificar se a obra ficou paralisada muito tempo e por que. Obras paradas por muito tempo, além de eventuais problemas de deterioração dos materiais, podem juntar más energias.

Muitas pessoas podem pensar que, embora a história do imóvel não seja muito boa, com elas a coisa será diferente, e que a partir de então tudo vai dar certo. Isto é muita pretensão e pura fantasia. O mais provável é que exista no imóvel uma energia negativa ou “sha“, em chinês. Nesse caso, não tenha dúvidas, opte por outro imóvel.

VIZINHANÇA E TRÂNSITO

Outro importante fator a ser analisado é a da vizinhança. Cemitérios, velórios, necrotérios, delegacias de policia, hospitais, bares barulhentos,escolas,  proximidade de linhas de alta tensão, costumam também trazer más energia. Evite-os.

Verifique também se a rua da principal entrada do seu imóvel é muito movimentada. De acordo com o Feng Shui, as ruas correspondem hoje ao que eram os rios, antigamente, e rios muito rápidos, ou ruas com trânsito muito rápido, levam embora o “chi”, ou energia positiva, não deixando que ela faça um bom trabalho em nossos imóveis.

APARTAMENTOS

Você deve estar se perguntando como verificar estas premissas todas para um apartamento, uma vez que a entrada principal geralmente fica num hall interno e muitas vezes você se encontra tão longe da superfície do solo que pode pensar que as energias não atuam, o que não é verdadeiro. Elas circulam pelo planeta de forma que a altura do imóvel em relação ao solo torna-se desprezível. Porém no caso de apartamentos, escritórios ou lojas em edifícios, as observações quanto à entrada de energia valem para a fachada que possui mais janelas, ou então, janelas e varanda. É nessa direção que se dará a principal entrada de energia. 

VEGETAÇÃO

Outra forma interessante de verificar a energia de um local é através da vegetação. Arvores do local: árvores retorcidas, doentes, morrendo, com parte seca, significam más energias. Por outro lado, uma árvore muito grande na frente da entrada principal de energia, poderá formar uma barreira não desejável.

OBJETIVOS DO FENG SHUI

Basicamente o que devemos desejar para um imóvel é que a energia boa possa nele circular numa velocidade adequada, beneficiando seus moradores ou pessoas que nele trabalhem, para que elas possam ter saúde, paz e prosperidade. 

Um consultor de autêntico Feng Shui, depois de observar os aspectos básicos acima citados, terá ainda muito a fazer. Entre outras avaliações mais específicas ele certamente começará identificando a data da construção do imóvel e a de suas eventuais reformas ou acréscimos. Precisará também da planta original e a nova com a reforma, se alguma foi feita. A verificação da direção da fachada do imóvel é obrigatória. Além disso será preciso conhecer  qual o ciclo anual que está influenciando  imóvel, uma vez que a energia está sempre em movimento. As datas de nascimento dos habitantes atuais ou futuros também serão necessárias.

No caso de um novo projeto, o ideal é que o arquiteto possua conhecimentos de Feng Shui. Caso isso não seja possível, um consultor deve ser chamado para assessorá-lo. Bom mesmo é se o consultor for chamado antes de feita a aquisição do imóvel . 

No caso de imóveis já prontos um bom consultor pode indicar os caminhos mais adequados para anular os efeitos negativos e ativar os positivos.

Feng Shui significa Vento e Água. Imagine que vento e água possam fluir levemente suavemente pelo seu imóvel.  Se assim for, tudo dará certo.