CLICK HERE TO TRANSLATE THE BLOG TO YOUR LANGUAGE!

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Tai Sui, Sui Po e San Sha.


Outro aspecto a ser observado diz respeito ao Tai Sui (Grão Duque), ao Sui Po e aos San Sha.  
O Tai Sui é o líder de todos os sha e está vinculado ao ramo terrestre do ano. No ano do Dragão, como na Luo Pan o Dragão está posicionado entre 105º e 135º, ele estará impactando esse setor. É auspicioso ter uma boa relação com ele. Por outro lado, ir contra ele é procurar problemas. 

Sentar-se de costas para a mencionada direção pode ser bom, mas antes verifique qual a Estrela da Montanha que vem dessa direção. Perturbar o Tai Sui é ruim, por isso se deve evitar barulho em excesso, realizar construção ou fazer escavação na direção anteriormente referida, pois incomodará o Tai Sui e poderá acarretar vários problemas, tais como: desastres, perda de riqueza, problemas de saúde, roubos, questões legais. Alguns praticantes de Feng Shui dizem que se a porta principal estiver na direção do Tai Sui também poderemos ter problemas. O Mestre Joseph Yu não considera a abertura da porta como uma perturbação ao Tai Sui e nós seguimos a colocação do Mestre Yu, mas cada um deve fazer a escolha que achar mais correta. 
Posicionado em direção oposta ao Tai Sui, o Sui Po (285º-315º) é a energia que desafia Tai Sui. Ela também não deve ser ativada, pois poderá perturbar o Tai Sui. No caso de perturbarmos o Tai Sui ou o Sui Po, devemos colocar no setor um par de animais de metal, denominado Qi Lin (cavalo-dragão), frente a frente, dentro ou fora do imóvel.  Como a figura do cavalo-dragão não é muito fácil de encontrar, poderemos usar, de acordo com alguns estudiosos de Feng Shui, um par de outro animal ou um par de cálices também de metal. Entretanto é bom salientar que seja um animal dócil e não agressivo como o tigre, por exemplo.. É bom salientar que alguns praticantes de Feng Shui não consideram a área de abrangência do Tai Sui como sendo de 30º, mas apenas uma zona que atinge 15º, onde se localiza a montanha relativa ao animal do ano, neste caso a montanha do Dragão (112,5º-127,5º). Como o Sui Po é o oposto ao Tai Sui, ele abrangeria apenas a área delimitada pela montanha do Cachorro (292,5º-307,5º). Por via das dúvidas, sugerimos que se utilize os setores maiores de 30º como áreas do Tai Sui e do Sui Po, e que as curas sejam realizadas nos 15º centrais dos referidos setores.  
O San Sha, também conhecido como os 3 Demônios (Demônios da Calamidade, da Ira e do Roubo), devem estar, juntamente com o Tai Sui e o Sui Po, entre as nossas  maiores preocupações no ano em função dos problemas que podem acarretar. No ano do Dragão o San Sha (maior) irá de 135º à 225º. Entretanto, conforme alguns autores, temos que nos preocupar apenas com os três Sha que estão localizados nas áreas das montanhas da Serpente (142,5º-157,5º), do Cavalo (172,5º-187,5º) e da Cabra (202,5º-217,5º). 

Se esses setores forem ativados, as pessoas que residem ou trabalham no local ficarão mais propensas a adquirir doenças e/ou sofrer danos.  A cura é a mesma sugerida para Tai Sui e Sui Po.  O Mestre Yu sugere a colocação de 3 Qi Lin de bronze para enfrentar os Três Sha, sendo cada um deles colocado na direção de um dos Sha.

Um bom ano do Dragão para todos vocês e lembrem-se de atualizar os mapas de suas casas e das de seus clientes.

Por José Francisco Kanarzveski - consultor de Feng Shui         Boletim Kan Yu
Imagens do vídeo de Master Joseph Yu , com tradução da  Arq. Aline Mendes.