CLICK HERE TO TRANSLATE THE BLOG TO YOUR LANGUAGE!

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Feng Shui e Animais Domésticos: Realidade e Lendas.

Declarações de uma pediatra portuguesa sobre animais de estimação.

Pediatra diz que as crianças vêem o animal de estimação como um irmão e acredita que crianças enxergam os animais como membros da família.
A médica portuguesa Clara Alves Pereira, pediatra do Centro Hospitalar  Tâmega e Sousa, considera que a presença de um animal de estimação em casa “é benéfica” para as crianças. Segundo ela, as crianças vêem no animal de estimação um irmão e, também por isso, este não deve ser abandonado, pois os mais pequenos podem pensar que isso lhes pode acontecer.
Em declarações à agência Lusa, Clara Alves Pereira contou que já várias vezes foi abordada por pais que tentam, com a sua ajuda, decidir se devem ou não adquirir um cão ou gato, depois de muita insistência dos filhos. A resposta “não é fácil” e “depende de muitas variáveis, como a própria criança, a sua família e condições”, disse. “Quando existem condições – e isso mesmo está demonstrado em estudos – há benefícios físicos, psicológicos e de socialização no relacionamento com animais”, disse.
Além disso, a médica defende que as crianças vêem retratada na relação do animal com os pais a sua própria relação com os progenitores e, por isso, podem pensar que o que acontece com o cão ou o gato lhes pode acontecer. Por outro lado, ao ver que o animal, mesmo quando faz uma asneira, continua em casa e é amado pela família, a criança percebe de que será aceita, o que aumenta a auto estima.
Fonte: Pet Rede - http://bit.ly/nmo9ha

Animais domésticos e energias.

Há varias LENDAS envolvendo animais domésticos:
Gatos não são amigos, só gostam do conforto que lhe proporcionam e da casa onde estão morando.
Cães e gatos transmitem doenças e dão alergia.
Amigos só os cães.
Casa com criança não deve ter animais.
E por aí vai uma lista com um montão de LENDAS.

Nessa postagem quero chamar a atenção para o amor aos e dos bichinhos e também para o papel deles nas energias que consideramos no Feng Shui.Vamos começar pelas LENDAS que citamos e ver o que é real:
Gatos são muito amigos e muito carinhosos. Simplesmente a forma de expressar carinho é diferente dos cães.
Cães e gatos bem tratados não transmitem doenças, ao contrario, contribuem de alguma forma para a imunização de seus donos. Um bichinho abandonado, de rua pode não estar vacinado e aí podemos ter problemas.
Cães e gatos são bem diferentes, mas ambos podem ser grandes amigos.
Casa com criança  ensinada com carinho a esse respeito  deve ter animais para que a criança tenha um exemplo vivo de amor incondicional.

Os animais tem tambem um papel importante no Feng Shui: o movimento deles contribue para a circulação de energias e não deixa que elas fiquem estagnadas. Como eles andam por toda a casa, eles carregam as energias de um local com boas Estrelas para onde elas não são tão boas assim contribuindo grandemente para o equilibrio e harmonização dos ambientes.

Alem disso eles são uma espécie de "prospectores" do tipo de energia. Onde os cachorros sempre ficam e onde eles dormem é um ponto de energia positiva, de energia de boa qualidade para o homem. Por sua vez os gatos permanecem deitados onde normalmente a energia é negativa, má para o ser humano. O bom é  que eles transmutam essa energia e depois que passa pelo gato a energia passa a ser positiva e boa para nós.