CLICK HERE TO TRANSLATE THE BLOG TO YOUR LANGUAGE!

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Combinações de Estrelas - parte III

Combinações de 1 e 4 – Inteligência, sucesso em exames, promoção, romance.

      Na combinação 1 e 4. Temos a Água suportando a Madeira.  As pessoas vão utilizar a inteligência para adquirirem um grande sucesso na carreira, e isso é mais efetivo quando a combinação está na porta.  Mas o 4 também indica um romance inapropriado, então é preciso examinar a forma de Água que se tem.  O 1 e 4 também significa sucesso no campo acadêmico; sucesso na carreira, carreira ligada a arte e a literatura.  Se é uma pessoa ligada a negócios essa combinação não vai ter nada a ver com o seu sucesso profissional.  No que diz respeito ao sucesso acadêmico é semelhante, ele só afetará quando estiver ligado à arte e à literatura.
  
      Vamos examinar um caso.  A frente da construção é N1; período de construção 7; proprietária é uma mulher de 30 anos; uma profissional da bolsa de valores de mercado de futuro e que tem que ter várias certificações para trabalhar lá, exigindo que faça vários testes.  Mestre Joseph Yu não analisou todo a apartamento, apenas destacou o que era mais  importante, principalmente em relação à combinação 1 e 4.  

                          
           Para começar é bom destacar que passar em testes nessa residência não é problema, tudo o que ela tem que fazer é ficar estudando na sala de estar, onde existe uma combinação 1 e 4.  Na verdade ela não é muito culta, não tem muita instrução, mas ela não tem problema de passar nos testes e conseguir todos os tipos de certificações exigidas para fazer o seu trabalho.  Ela vai conseguir ganhar um bom dinheiro, pois na fachada tem uma Estrela de Água 8  suportada por água.  O que favorece o apartamento é a mencionada estrela 8 e a combinação 1 e 4. Ela teve caso com homens casados, uma vez que a combinação favorece relacionamentos impróprios, mas agora  ela só queria ganhar dinheiro. Sempre que tiver o número 4 deve-se olhar para fora para ver o tipo de água que tem e vai ser melhor que se faça uma análise do destino da pessoa.

      Na combinação 4 e 1, isto é, quando o 4 é montanha vai ser bom para o relacionamento de marido e mulher, porque a Estrela de Montanha é estável.  A Estrela de Água (4) traz o romance do lado de fora e a Estrela de Montanha (4) é o romance que permanece no quarto. 

       A Estrela de Montanha 4 é muito útil e, se você precisa desse tipo de energia, é bom sentar-se dando as costas para a parede que o Dragão de Água 4. 

Imagem do programa de Danny Van Der Berghe de Feng Shui e 4 Pilares  http://www.fourpillars.net/

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Combinações de Estrelas - parte II


      São 81 combinações, mas como as estrelas se repetem muitas vezes, nesses casos não têm uma combinação de marido e mulher, não nascem dragõezinhos novos.  Então nós não vamos considerar essas duplas repetidas combinações.  Na verdade nós nem notamos   quando a estrela se repete.  E é isso que acontece num tipo especial de carta chamada de Fu Yin, quando as estrelas iguais vêm juntas.  Quando isso acontece é uma situação ruim, porque não tem nenhuma reação e nenhuma energia nova nasce.  1 e 1; 2 e 2; 3 e 3; etc., não geram nada novo.
 
      Combinações de 1 e 2 – Dominação feminina.  Conflito entre marido e mulher.  Dores abdominais.

      1 e 2 tem duas situações: a) 1  é Montanha e o 2 é a Água e b) o 2 é Montanha e o 1 é a Água.

      Quando o 2 é Montanha e o 1 é  a Água ; o marido é o 1 e a mulher é o 2.  Isso é descrito como a Água Kan flui para o palácio Kun.  O 1 é o trigrama Kan e o 2 o trigrama Kun.  A imagem é de que a Água 1 está fluindo para o 2.

      Os livros antigos de Feng Shui trazem historias para salientar que a combinação em pauta trás problemas no casamento.  A imagem é que a mulher vai estar humilhando o marido pelas palavras.  O que vai acontecer depois ninguém sabe, mas provavelmente será divórcio ou contínuo conflito.  A razão disso tudo é que o número 2 é a mulher e o número 1 o homem.  O número 2 é terra e o número 1 é água.  É a mulher querendo controlar o marido, atacando o marido; uma combinação negativa de marido e mulher.  Essa combinação também pode trazer doença, porque o número 2 é uma estrela de doença. O 1 representa os ouvidos e os órgãos genitais e o 2, abdômen.  Isso indica que podem ocorrer problemas nesses órgãos, por exemplo: problemas nos órgãos genitais e na barriga.   A combinação 2 e 1 pode trazer diversos tipos de doenças e é particularmente ruim quando está na porta, porque é na porta que a energia é trazida para dentro da casa.
 
        Por outro lado, se você tivesse 1 de Montanha e 2 de Água, imagine se fosse em um quarto,  nesse caso gostaríamos de dar suporte para o 1 de Montanha e bloquear o 2 de Água.  Dificilmente  se consegue bloquear totalmente a entrada do 2 no quarto, mas podemos dificultar a sua entrada.

      1 e 2 indica uma relação difícil entre marido e mulher e a cura não pode garantir que não vá ocorrer o divórcio.  A cura de Feng Shui pode algumas vezes salvar o casamento;  outras vezes não salva, mas pode levar a um final mais pacífico.  Porque o destino é que estava fazendo o casal se separar e ai, se for o caso, eles vão se separar. No local de trabalho vai significar a mulher trazendo problemas para os colegas homens.

      Essa combinação se estiver no centro da casa vai ser muito ruim para as pessoas de Min Gua 1, pode ser mulher ou homem,  porque o seu Ming Gua está sendo controlado; seu anjo da guarda está sendo ferido.   E a pessoa não tem nenhum guardião para a sua vida, ninguém vai protegê-la.  É uma situação muito perigosa.  Se a combinação for no dormitório a pessoa de Ming Gua 1 terá que ficar longe desse lugar, e a mesma coisa se ocorrer no local de trabalho.

sábado, 15 de outubro de 2011

Combinação de Estrelas - Parte I

Achei nas minhas anotações de curso do Master Joseph Yu (2002 no Brasil) e faço a postagem de parte do que aprendi porque é muito bom.

      Apreendemos até aqui como analisar Estrela de Água e de Montanha separadamente. Geralmente utilizamos apenas uma das estrelas. Para as áreas ativas vamos usar a Estrela de Água e o efeito da Estrela de Montanha é mínimo.  Para o dormitório ou o lugar em que formos ficar sentados, usamos a Estrela de Montanha, e a Estrela de Água não nos afetará muito.  Não vai afetar diretamente porque nós não a estamos usando.

      O Dragão de Água está sempre tentando se combinar com o Dragão de Montanha, para gerar dragõezinhos.  Cada dragãozinho tem uma personalidade especial, mas a personalidade vem dos pais.  Essas personalidades têm uma origem, mas não são necessariamente  idênticas a de seus pais.  A energia está na casa, nos cômodos, e vai afetar as pessoas.  Mais do que analisar as estrelas separadamente, temos que considerar a combinação de duas estrelas e especialmente as pessoas que são afetadas por esses dragõezinhos jovens. Normalmente os dragõezinhos nascem da combinação de Dragões de Água e de Montanha no mesmo palácio.Mas as Estrelas de Água podem se movimentar e a combinação ocorrer em outro palácio. Então poderemos ter um Dragão de Água se combinando com dois diferentes Dragões de Montanha em um mesmo cômodo. As duas combinações têm que ser consideradas.  Sabendo-se que as Estrelas de Água se movimentam, podem duas delas se encontrarem no mesmo cômodo, mas como não há relação como de marido e mulher, eles não vão gerar novos dragõezinhos.  Eles podem ser companheiros, parceiros, podem montar uma companhia. Essa companhia vai ter uma característica e ela pode não ser  ligada diretamente a qualquer uma das  personalidades dos  dois dragões, embora a origem seja proveniente deles.

      Outra combinação é a da Estrela de Água com a do Tempo.  A Estrela do Tempo é o ambiente e a Estrela de Água é o espírito que está trabalhando ali.  Essa combinação mostra como o Dragão de Água vai trabalhar em diferentes ambientes. O resultado não é um novo tipo de energia, mas sim como esse Dragão de Água é afetado pela  Estrela do Tempo.  Claro está que esta Estrela de Água pode também ser afetada  pela Estrela da Carta Terrestre.

      Na realidade nós não analisamos a combinação da Estrela de Água com a Estrela de Tempo, vamos apenas observar como ela vai trabalhar em determinado ambiente.  A mesma coisa é válida para a Estrela de Montanha.

      A Estrela Anual pode se combinar com a Estrela de Água ou com a de Montanha.  A Estrela Anual pode ser considerada como uma Estrela yang, porque se movimenta e porque muda de ano em ano. A natureza da Estrela Anual vai ser mais ou menos como a energia da Estrela de Água, mas isso se refere ao fato dela poder se movimentar, e já que ela se move pode ser considerada yang.  E ela vai vir para combinar com as Estrelas residentes da casa.  Ela não vai reagir somente com a Estrela de Água ou com a de Montanha. Ela vai fazer várias coisas.  Vai fazer combinação com a Estrela de Água, pode fazer também combinação com a Estrela de Montanha e pode estar ativando a combinação original da Carta.  Pode também agir como se fosse um visitante.  Você pode imaginar, a Estrela Anual é um pouco complicada.  Ela pode agir  por si mesmo, pode ativar uma combinação que já exista, pode formar uma combinação com a Estrela de Água e pode formar uma combinação com a Estrela de Montanha, mas não podemos dizer que ela vai se combinar com a Estrela do Tempo.

       A razão pela qual a gente trata das combinações é porque isto gera uma relação de marido e mulher, originado dragõezinhos.  A Estrela Anual pode agir por si mesmo e pode ativar os efeitos sobre as pessoas que vivem no local.  Isso tem que ser analisado junto com as formas do local.  A Estrela Anual pode estar ativando uma combinação que já exista ali, mas não existe uma regra fixa para essa ativação.  Finalmente essa Estrela Anual  pode ser combinada com a Estrela de Água e/ou com a Estrela de Montanha.

      As Estrelas mensais são muito fracas e por isso não serão discutidas.
  

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Feng Shui e Animais Domésticos: Realidade e Lendas.

Declarações de uma pediatra portuguesa sobre animais de estimação.

Pediatra diz que as crianças vêem o animal de estimação como um irmão e acredita que crianças enxergam os animais como membros da família.
A médica portuguesa Clara Alves Pereira, pediatra do Centro Hospitalar  Tâmega e Sousa, considera que a presença de um animal de estimação em casa “é benéfica” para as crianças. Segundo ela, as crianças vêem no animal de estimação um irmão e, também por isso, este não deve ser abandonado, pois os mais pequenos podem pensar que isso lhes pode acontecer.
Em declarações à agência Lusa, Clara Alves Pereira contou que já várias vezes foi abordada por pais que tentam, com a sua ajuda, decidir se devem ou não adquirir um cão ou gato, depois de muita insistência dos filhos. A resposta “não é fácil” e “depende de muitas variáveis, como a própria criança, a sua família e condições”, disse. “Quando existem condições – e isso mesmo está demonstrado em estudos – há benefícios físicos, psicológicos e de socialização no relacionamento com animais”, disse.
Além disso, a médica defende que as crianças vêem retratada na relação do animal com os pais a sua própria relação com os progenitores e, por isso, podem pensar que o que acontece com o cão ou o gato lhes pode acontecer. Por outro lado, ao ver que o animal, mesmo quando faz uma asneira, continua em casa e é amado pela família, a criança percebe de que será aceita, o que aumenta a auto estima.
Fonte: Pet Rede - http://bit.ly/nmo9ha

Animais domésticos e energias.

Há varias LENDAS envolvendo animais domésticos:
Gatos não são amigos, só gostam do conforto que lhe proporcionam e da casa onde estão morando.
Cães e gatos transmitem doenças e dão alergia.
Amigos só os cães.
Casa com criança não deve ter animais.
E por aí vai uma lista com um montão de LENDAS.

Nessa postagem quero chamar a atenção para o amor aos e dos bichinhos e também para o papel deles nas energias que consideramos no Feng Shui.Vamos começar pelas LENDAS que citamos e ver o que é real:
Gatos são muito amigos e muito carinhosos. Simplesmente a forma de expressar carinho é diferente dos cães.
Cães e gatos bem tratados não transmitem doenças, ao contrario, contribuem de alguma forma para a imunização de seus donos. Um bichinho abandonado, de rua pode não estar vacinado e aí podemos ter problemas.
Cães e gatos são bem diferentes, mas ambos podem ser grandes amigos.
Casa com criança  ensinada com carinho a esse respeito  deve ter animais para que a criança tenha um exemplo vivo de amor incondicional.

Os animais tem tambem um papel importante no Feng Shui: o movimento deles contribue para a circulação de energias e não deixa que elas fiquem estagnadas. Como eles andam por toda a casa, eles carregam as energias de um local com boas Estrelas para onde elas não são tão boas assim contribuindo grandemente para o equilibrio e harmonização dos ambientes.

Alem disso eles são uma espécie de "prospectores" do tipo de energia. Onde os cachorros sempre ficam e onde eles dormem é um ponto de energia positiva, de energia de boa qualidade para o homem. Por sua vez os gatos permanecem deitados onde normalmente a energia é negativa, má para o ser humano. O bom é  que eles transmutam essa energia e depois que passa pelo gato a energia passa a ser positiva e boa para nós.

domingo, 2 de outubro de 2011

Terra Móvel.

Temos o apogeu (fase 5) do Fogo, da Água, do Metal e o apogeu da Madeira. Mas eu não falei do apogeu da Terra, só falei de 4 Elementos.

A Terra não é um quinto elemento ela é na realidade a mistura de dois outros, de dois a dois. 
Quando a gente desenha os 5 elementos, normalmente fazemos assim: Madeira, Fogo, Terra, Metal e Água. Porque é mais fácil de ver tanto o Ciclo de Geração como de Controle.
Mas, numa Lo Pan você tem Fogo no Sul e Água no Norte. Madeira no Leste e Metal no Oeste. Vc não encontra Terra na Lo Pan. Porque a Terra representa o centro, a Terra é o ponto sobre o qual vc se apóia, é o ponto focal para onde a energia converge. Na alimentação e na Medicina Chinesa, a Terra sempre representa o eixo do equilíbrio. 



Dê uma olhada aqui quando você caminha no Lo Shu. Eu quero ir da Água para Madeira, eu passo pela Terra. Depois, para ir pro Metal, eu passo pela Terra. Para ir pro Fogo, passo pela Terra. A Terra é sempre o caminho de passagem. Sempre eu tenho Terra entre dois elementos. 

Se você olhar na tabela dos animais vai ver que entre Madeira e Fogo, tenho uma porção de Terra. O chinês chama três meses de Inverno, Primavera, Verão e Outono. Só que os últimos 18 dias de cada uma dessas estações, são chamados de Entre-Estações e são regidos pela Terra. 



Por que 18 dias? – Eu tenho 365 dias dividido por 5 elementos vai dar aproximadamente 73 dias pra cada elemento. Então, eu tenho 3 meses, que são aproximadamente 90 dias, quando eu divido esses 73 por 4, eu tenho a Terra regendo os últimos 18 dias de cada Estação, e cada Estação tem 73 dias.  Então, tenho 73 dias regidos pelo Metal e 18 dias de Terra, 73 dias regidos pela Água e 18 de Terra. 73 dias regidos pela Madeira e 18 de Terra. 73 dias regidos pelo Fogo e 18 dias de Terra.

Esses 18 dias de Terra são chamados de Entre-Estações.
Terra do Búfalo é a mistura da Água do Inverno com a Madeira da Primavera.
Terra do Dragão é uma mistura da Madeira da Primavera com o Fogo do Verão.
Terra da Cabra é uma mistura do Fogo do Verão com o Metal do Outono.
Terra do Cachorro é uma mistura do Metal do Outono com a Água do Inverno.

Na realidade quando eu quero Terra, eu posso colocar Água + Madeira, Madeira + Fogo, Fogo + Metal ou Metal + Água.

Terra Móvel (Búfalo) = Água + Madeira.
Porque tanto a Água como a Madeira são móveis.
Planta Aquática é Terra. Quando eu ponho uma planta aquática num lugar eu não estou pondo nem Água nem Madeira, estou pondo Terra Móvel.

Terra Quente (Dragão) = Madeira + Fogo.
Terra Rígida (Cabra) = Fogo + Metal.
Terra Fria (Cachorro) = Metal + Água.

Cada um desses animais representa a armazenagem de uma energia. Por exemplo: o Dragão é a Terra que contém a Água, por isso ele é um Lençol Freático. São duas análises diferentes que têm usos diferentes. Como o momento em que ele representa a mistura da Madeira com o Fogo. Mas, o próprio Dragão é uma armazenagem de Água. Prestem atenção para não confundir as duas coisas. (01:10:07). 

Se eu tenho um lago no 8, o ideal seria ter Madeira + Fogo, que seria a Terra Quente. Se eu não posso pôr Fogo, vou pôr Madeira + Fogo. Coloco no lago plantas aquáticas vermelhas.
Se eu quero estimular um 8 com a própria Terra, eu poderia colocar Madeira + Fogo, que equivaleria a Terra Quente.

Por que vou colocar Terra Quente no 8 – Porque não vou colocar Terra Úmida. Porque eu preciso de Fogo para estimular a Terra 8. A Terra Úmida (01:11:00).
Vamos imaginar que por um motivo qualquer eu precisasse de Fogo pra esse 8. Ficaria muito melhor Madeira + Fogo do que Madeira + Água, que seria Terra Úmida. E o 8 não pede umidade, pede calor. Vamos imaginar que eu tivesse um jardim e precisasse fazer alguma coisa para o 8, então poderia colocar Madeira + Fogo e teria Terra Quente. 

Combinação 5-9, se eu colocar uma Terra Quente, adianta? – Não, porque estou estimulando o 5, estou deixando a Terra mais quente ainda.
Por que a gente coloca a Água da Paz? A gente põe Metal mais Água. Estamos colocando umidade na Terra. Estamos deixando a Terra 5 mais úmida. Temos Terra Fria. A Terra 5 já está aquecida pelo 9 e portanto, infértil. Daí, usar a Água da Paz. 

Fora de um espaço eu coloco um estímulo e não uma cura para as estrelas. Estrelas se cura dentro do espaço.

Vamos imaginar que eu quero estimular um 8 Água. Eu abro a janela, por exemplo. Mas também posso pôr uma fonte no jardim em frente à janela. Também posso pôr uma fonte dentro. A fonte de fora não é uma cura é um estímulo para o 8. Não adianta nada colocar a fonte do lado de fora e manter a janela fechada. Se eu puder colocar a fonte do lado de dentro, a janela deve ficar aberta também, para ficar mais yang ainda. No caso de uma porta de entrada, quanto maior a quantidade de energia que eu tenho fora maior a quantidade de energia que eu tenho dentro. Então vou pôr a fonte lá fora, se for possível, desde que alguém entre por essa porta, então. Eu não posso estabelecer como regra se é melhor fora do que dentro, depende do uso.  

Parte do curso da Mestra Silvia Sacramento - http://mingtang.com.br