CLICK HERE TO TRANSLATE THE BLOG TO YOUR LANGUAGE!

sábado, 14 de maio de 2011

Escolhendo o Dia da Mudança - Parte I

Então escolhemos o dia para um começo de negocio ou para  mudar para uma casa. A respeito de mudar para uma casa é que simbolicamente você tome posse da casa naquele dia e numa hora auspiciosa. Em relação à hora é importante que ela não ofenda o dia. Quando você houver escolhido, por exemplo, um dia yin, então não pode fazer na hora shen, que está em conflito com yin, mas a hora pode também estar em conflito com o ano. Por que a hora e o ano não estão intimamente relacionados. Tudo o que tem que evitar é que a hora esteja em conflito com o dia. Então você simplesmente escolhe uma hora adequada para fazer esse trabalho. É obvio que se puder estudar o mapa de quatro pilares da pessoa vai ser capaz de escolher o melhor dia e hora para fazer isso.

Quando você se muda para uma casa a mobília pode vir depois, mas as pessoas devem estar lá para declarar a ocupação da casa. Declarar a ocupação desta casa é ir até essa casa, tomar um copo de água, para permitir que a água saia das torneiras. Quer dizer quando a água está borbulhando, significa que você está vivendo na casa agora. Você está começando a viver e ocupar aquela casa. Naquele dia e naquela hora você tem que abrir todas as janelas para permitir que o chi entre. Para uma casa isso é suficiente, mas é claro que você pode fazer melhor. Tradicionalmente as pessoas usariam arroz e vinho de cereais. Na China nós usamos o vinho feito de arroz. Bom, você pode usar até uísque, que também é feito de um cereal. Qualquer coisa que venha de uma semente. Mas não deve usar vinho tinto por que ele vai manchar o chão. E o que você vai fazer é ir até os quatro cantos da casa e virar um pequeno copo de vinho no canto e tambem use seus dedos para pegar um pequeno punhado de arroz e jogar no chão. Faça isso nos quatro cantos. Também é bom se puder carregar um sino que vai gerar um bonito som de metal e badale o sino nos quatro cantos. É claro que pode usar um prato de metal para fazer o som. Isto é para pacificar o 5 amarelo na casa. O 5 amarelo não gosta de ser perturbado, pois era uma casa vazia. Quando se muda para lá, você perturba o 5 amarelo. Então você anuncia que vai viver nesta casa e pacifica o cinco amarelo. Por isso se fazem todas essas coisas nos quatro cantos da casa.

Se há espíritos na casa eles sabem que essa agora é a sua casa e vão embora. Os espíritos que perambulam ocupam as casas vazias. Os espíritos que vagueiam são espíritos de pessoas mortas. Eles têm que ir para onde eles pertencem. Mas alguns deles podem se enganar e continuar na terra. E eles têm medo das pessoas. Não gostam de ir onde as pessoas estão. Vão encontrar casas vazias, templos, igrejas e vão ficar ali, mas agora que você vai viver nessa casa tem que dizer a eles que agora a casa é sua e eles vão sair. É necessário  fazer todas essas coisas na casa para ter certeza que a casa está limpa. E o cinco amarelo não vai se sentir perturbado. É por isso que você precisa do sino. O vinho e o arroz são coisas tradicionais usadas. É simplesmente um anuncio de que você vai viver naquela casa para que os espíritos tenham tempo de sair e o 5 amarelo não se sinta perturbado. E isso vai ser tudo quando você se mudar para uma casa. Então você escolhe um dia adequado e faz a cerimônia antes de se mudar. Então se você vai pintar uma casa também deve escolher um dia para fazer isso. Mas a maior parte das vezes você não vai ter que esperar muito. Então pode fazer isso em qualquer dia, então escolha um dia para repetir essa cerimônia quando já  estiver morando lá. A primeira vez que você faz isso é somente para pacificar o 5 amarelo e deixar os espíritos irem embora. A segunda vez que faz isso, de acordo com a fórmula do sol, é para trazer fama e fortuna para as pessoas. Então vai fazer isso duas vezes. A primeira vez que faz isso deve ser simples assim. A família deve estar lá e você espalha o arroz e o vinho nos quatro cantos. Badala o sino e isso tem o objetivo de pacificar o 5 amarelo e mandar os espíritos embora.

Anotações por Arq.Sonia Gomes de um  curso de Master Joseph Yu .