CLICK HERE TO TRANSLATE THE BLOG TO YOUR LANGUAGE!

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Tudo em seu lugar.


Refúgio, descanso e aconchego. Assim costumam ser os ambientes que foram trabalhados com o Feng Shui. Para os que gostam e manter o equilíbrio espiritual, é fundamental que o local de moradia e trabalho estejam em harmonia. E a decoração é também um elemento fundamental para que isso ocorra. O Feng Shui, uma técnica de energização dos ambientes é o equilíbrio do visível com o invisível. Para a utilização do Feng Shui é realizado um mapeamento na casa ou qualquer outro local onde será colocada em prática a técnica. Na ocasião, o profissional que está à frente do projeto usa durante o processo uma Luo Pan – espécie de bússola chinesa apropriada para fazer o Feng Shui. Segundo a arquiteta e especialista em Feng Shui Ana Cristina Iudice, o método está além de simplesmente ser uma decoração esotérica. “É muito mais do que isso”, garante.

“Muitas pessoas ainda hoje desconhecem o que de fato é o Feng Shui e acreditam que essa prática seja apenas uma forma decorativa. De fato, quando trabalhamos o Feng Shui em um lugar, automaticamente mexemos na decoração do ambiente, porém, o objetivo maior é modificar a energia vital do espaço”, explica.

Ana Cristina, que há cinco anos estuda e trabalha o Feng Shui, conta que o destaque e a vantagem do método é justamente a relação entre o concreto e o energético. “Todos nós temos uma energia e o local onde estamos também. Uma residência, loja, farmácia ou qualquer outro ambiente material tem uma personalidade e isso é estudado”, conta. “Tudo é verificado e analisado quando fazemos o mapa do lugar, inclusive até o ano de fundação do local”, revela.

A arquiteta afirma que hoje a procura pelo Feng Shui tem aumentado, pois, segundo ela, na correria e agitação do mundo moderno, a técnica se torna uma alternativa para aliviar o estresse e um refúgio mais aconchegante. Entretanto, Iudice diz que na capital paraense, a busca pelo Feng Shui ainda é um pouco tímida e restrita. “Esse método tem se tornado gradativamente mais conhecido e os resultados positivos que proporciona aos ambientes ajudam muito na procura por ele”, diz.

Na parte material e decorativa do processo é comum a modificação das cores – principalmente das paredes – do espaço. Outros recursos utilizados são as fontes de água, aquários, sinos de vento – de preferência colocados em um local ventilado, pois, de acordo com Iudice, parados eles não têm finalidade alguma.

As plantas e cerâmicas são elementos bastante aproveitados na decoração do Feng Shui, e para surpresa de alguns, até a música pode trazer benefícios ao processo, especialmente em consultórios. Segundo Iudice, muitos gostam também de utilizar o espelho, mas a especialista alerta que nem sempre a disposição do mesmo pode ser uma boa ideia. “Espelhos no quarto, por exemplo, geram certo estresse e a maioria das pessoas desconhece esse fato”, diz.

Aplicação do Feng Shui

A cirurgiã-dentista e proprietária da loja artesanal Gatos de Rua, Nádia Khaled, decidiu recentemente seguir o Feng Shui na decoração de seu estabelecimento. Ela explica que resolveu optar pela técnica pelo fato de a sua loja vender peças que são feitas artesanalmente. “A matéria-prima é industrializada, mas a confecção é toda artesanal”, explica.

O fato, segundo Nádia, é que o ambiente e os próprios materiais recebem muita energia das pessoas, o que para ela já é o suficiente para querer modificar a decoração do espaço. “A loja tem uma energia peculiar, é bastante colorida, cheia de vida. Porém, tive curiosidade de ver a personalidade do espaço e quis fazer os ajustes necessários para que tudo pudesse ficar melhor”, conta.

Com a aplicação do Feng Shui, a Gatos de Rua não sofreu mudanças muito radicais, apenas algumas alterações nas tonalidades e uma fonte de água. “Essa decisão de mudar a parte decorativa e energética também foi feita pensando no bem estar dos clientes. Quero que eles sintam-se bem em estar lá e confortáveis”, diz. Khaled garante ter sentido os benefícios do Feng Shui. Segundo a proprietária, a loja além de ter ficado mais bonita visualmente, ela sente que está mais harmônica. “Percebo a diferença até na minha equipe de trabalho que mudou para melhor”, revela. *****