CLICK HERE TO TRANSLATE THE BLOG TO YOUR LANGUAGE!

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Equilíbrio entre Ação e Relação .

Exemplificando: eu tive um cliente para o qual fiz três trabalhos de projeto e reforma. Quando eu o conheci ele era diretor de um dos grandes bancos brasileiros e comprara uma casa antiga nos jardins. Reformei totalmente a casa que mudou de período segundo o Feng Shui porque todo o telhado foi mudado assim como pisos, portas e janelas. Ele estava bem de vida e depois que mudou para a casa ficou ainda melhor. Após um tempo a casa foi vendida com muito lucro e ele comprou um apartamento que também foi reformado e também a vida dele continuou muito boa. Também este imóvel também foi vendido com bom lucro.

Após um tempo fui chamada para ver uma nova casa que ele queria comprar e reformar. A casa estava à venda há muito tempo e decididamente não gostei do local. Ele porem era bastante metido a “sabe tudo” e persistiu na compra. Fiz a reforma com a mesma dedicação que usei todas as outras vezes e ficou arquitetonicamente muito boa. Quando ele mudou porem tudo começou a dar errado: as pessoas tiveram problemas graves de saúde, as finanças da família começaram a ter problemas serios, meu cliente teve os bens bloqueados e até hoje não se aprumou mesmo tendo se mudado da casa.

Quando se faz o Feng Shui se lida com aproximadamente um terço das energias que envolvem o cliente, ou seja, é criado um equilíbrio entre as energias dos habitantes do local e as do imóvel e assim o ambiente se torna propicio. No caso deste cliente alem do mau Feng Shui do local, a extrema arrogância dele assim como provavelmente suas ações fizeram o restante do estrago.

DICA - se você pretende comprar ou alugar um imóvel verifique o histórico dele:

  • Quem morou ali mudou por quê?
  • Tinham boa saúde?Tinham algum tipo de doença ruim?
  • Estavam bem de finanças?
  • Se havia um casal , o relacionamento entre eles era bom?